Rolim de Moura,

Política

Demissão

Presidente do BNDES pede demissão após declarações de Bolsonaro
 O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, entregou seu pedido de desligamento do cargo ao ministro da Economia, Paulo Guedes, conforme informou em nota distribuída à imprensa na manhã deste domingo, 16. Levy foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro no sábado (15), em função da nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do banco de fomento. “Levy nomeou Marcos Pinto para função no BNDES. Já estou por aqui com o Levy”, disse o presidente neste sábado 15. “Falei para ele: Levy, demite e

Há 06min

Afastamento

Ministério Público move ação por improbidade contra Prefeito de Campo Novo
O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Buritis, propôs ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o Prefeito afastado do Município de Campo Novo de Rondônia, Oscimar Ferreira,  em decorrência de retenção nos repasses de contribuições previdenciárias naquele Município. A ação foi proposta pelo Promotor de Justiça Matheus Kuhn Gonçalves, após chegar  ao conhecimento do Ministério Público, por meio de processo administrativo nº 0039/2018 do Instituto de Previdência Social de Campo Novo (IPECAN), que o gestor do Município não vinha fazendo o

Ontem, às 09h 06min

Nova eleição para prefeito de Candeias do Jamari no dia 7 de julho
Em Candeias do Jamari (RO), terá novas eleições, quarto prefeito em dois anos e meio. A nova votação

13/06/2019

Coronel Chrisóstomo cobra maior efetividade do “Luz para Todos”
A atual situação e ações futuras do Programa Luz Para Todos, foi discutida na manhã desta quinta-fei

13/06/2019

VÍDEO: "Tô vindo aqui prá tirar o meu da reta", diz Alex Redano sobre deputado em boate gay
O deputado estadual Alex Redano, do PRB, se apressou em gravar um vídeo logo após a matéria publicad

13/06/2019

Governador Marcos Rocha participa de missão em Lima para fortalecer relação entre Brasil e Peru
O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, participa de delegação composta por parlamentares e

13/06/2019

CCJ do Senado derruba decreto que flexibiliza porte de arma; matéria segue para o Plenário
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (12) sete projetos de decreto legislativos que tornam sem efeito um decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza o porte de armas no Brasil. Os PDLs 233, 235, 238, 239, 286, 287 e 332/2019 tramitam em conjunto e seguem para a análise do Plenário em regime de urgência. A CCJ rejeitou, por 15 votos a 9, o parecer do senador Marcos do Val (Cidadania-ES). Ele era contrário aos PDLs e favorável ao Decreto 9.785, de 2019. O regulamento assinado em maio pelo presidente da República concede porte a 20 categorias profissionais e aumenta de 50 para 5 mil o número de munições que o proprietário de arma de fogo p

13/06/2019

PREVIDÊNCIA

Acordo garante discussão da reforma da Previdência sem obstrução
Com a confirmação de que o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) será apresentado amanhã (13) na Comissão Especial da Reforma da Previdência, a oposição e o presidente do colegiado, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), fecharam acordo hoje (12) para garantir que não haverá obstrução na fase de leitura do documento e de discussão da proposta. Durante uma reunião a portas fechadas entre Ramos, Moreira e representantes das bancadas dos partidos para definir os procedimentos das próximas reuniões da comissão, ficou acertado que todos os parlamentares inscritos terão direito à palavra sem que governistas, que têm pressa em aprovar a matéria, apresentem requerimento para encerrar a fase de

12/06/2019

Decreto

CCJ do Senado vota pela derrubada do decreto das armas do governo Bolsonaro
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado votou nesta quarta-feira pela derrubada do chamado Decreto das Armas, que alterou regras para o registro e uso de armamentos no país. O relatório que era favorável ao decreto foi rejeitado por 15 a 9 pelos senadores presentes.  Na votação, o relator Marcos do Val (Cidadania-ES) se posicionava contra sete projetos de decreto legislativo que sustavam os efeitos do decreto 9.797/2019, editado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), e que facilitavam o acesso dos cidadãos às armas. A maioria dos colegas, porém, derrubou seu relatório e defendeu a aprovação dos decretos que sustam a decisão de Bolsonaro. A decisão agora vai para o plenário  da

12/06/2019

Conscientização

Projeto de Cássia Muleta institui “Junho Vermelho” para incentivar doação de sangue
A deputada Cássia Muleta (Podemos) é autora do Projeto de Lei que institui o “Junho Vermelho”, como forma de motivar e conscientizar o cidadão para doação de sangue em Rondônia.  O movimento já existe em outros estados e foi criado para coincidir com o dia 14 de junho, data estabelecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O objetivo é conscientizar a população para a importância da doação regular de sangue no país.  No projeto a parlamentar explica que a doação é um ato de solidariedade que pode salvar a vida de muitas pessoas que necessitam de uma transfusão sanguínea.  Na discussão do projeto, a deputada falou da importância da conscientização para aumentar o número de doaçõe

12/06/2019

Outras categorias

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.