Rolim de Moura,
22°C

Esporte
Messi temeu que Neymar fosse para o Real e diz: “Não gosto que me comparem com Deus”
O craque do Barcelona também fala sobre Cristiano Ronaldo, fim da carreira, Newell´s , Bola de Ouro e Liga dos Campeões.

Por GloboEsporte
Publicado 09/10/2019
A A
Foto: Reprodução

Numa longa entrevista à rádio catalã RAC1, Lionel Messi confidenciou que temeu que Neymar trocasse o PSG pelo Real Madrid na última janela de transferências. No papo, o craque do Barcelona também fez um pedido.

 Não gosto que me comparem com Deus. É muito exagerado dizerem isso, não quero que os meus filhos ouçam porque eles copiam tudo. Não é bom ouvirem algo assim – disse o camisa 10 argentino.
Sobre Neymar, Messi não escondeu que gostaria de vê-lo de volta ao Barcelona.

- Sinceramente, pensei a certa altura, sobretudo neste mercado, que se Neymar não viesse para o Barcelona, iria para o Real Madrid, porque pensei que ele tinha vontade de sair do Paris Saint-Germain. Neymar tinha demonstrado o desejo de uma mudança, e eu achava que Florentino Pérez e o Real Madrid iam fazer alguma coisa para levá-lo – salientou.

Confira outros trechos da entrevista à RAC1, na qual Messi, de 32 anos, fala sobre Cristiano Ronaldo, futuro na carreira, Bola de Ouro (o craque disse não se importar muito com honrarias individuais) e muito mais.

Jogar na Argentina
“É algo que sempre sonhei, jogar no Newell´s (Old Boys, clube que o revelou), mas às vezes é preciso pensar na família, que é o mais importante”.

Já pensou em deixar o Barcelona?
“Com o problema com a receita (espanhola) em 2013/14, me passou pela cabeça sair, não por querer deixar o Barça, mas para sair de Espanha. Sentia que estava sendo maltratado, não queria continuar. Não tive nenhuma oferta porque todos sabiam que a minha ideia era continuar aqui”.

Bola de Ouro x Champions
“Não sei se vou ganhar a Bola de Ouro (da France Football), mas não seria uma decepção se não ganhar. Os prêmios individuais são um reconhecimento, mas nunca prioridade. Ficarei mais desapontado se passar outro ano sem ganhar a Champions, que é o objetivo de todos”.

Cristiano Ronaldo
“Gostaria que tivesse continuado em Madri. Trazia mais rivalidade ao El Clasico”.

Aposentadoria
“Vou medindo isso a cada ano, vejo se estou bem ou mal, se posso continuar ou não... Entramos numa idade onde as coisas começam a custar, é normal e lógico. Posso dizer (que vou me aposentar) aos 35, 36… Mas posso chegar a essa idade e já mal me mexer”.

 

Foto: Reprodução

Fonte: GloboEsporte

Craque   Barcelona   Neymar   Messi   Real   Campeões   Liga  

Mais em Esporte

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.