Rolim de Moura,

Cidades
Presos jogam fezes e urina em agentes penitenciários durante tentativa de motim em Porto Velho
Barras de ferro foram encontradas dentro de colchão na cela dos envolvidos na agressão. Caso aconteceu no presídio 603, em Porto Velho, na madrugada desta quarta-feira (9).

Por G1/RO
Publicado 10/10/2019
Atualizado 10/10/2019
A A
Foto: Reprodução

Agentes penitenciários foram atacados com fezes e urina lançadas por presos durante uma tentativa de motim no presídio estadual Jorge Thiago, conhecido como 603, em Porto Velho. De acordo com a Polícia Militar (PM), o caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (9).

Consta no boletim de ocorrência que os agentes iam retirar um detento da cela no momento que foram agredidos.

Os servidores relataram que os presos tinham barras de ferro (chuncho) na mão e que foi preciso o uso da força para conter os detentos envolvidos no motim.

Dentro das celas, os agentes encontraram quatro barras de ferro no interior de um colchão. Os dois presos que atacaram os agentes foram levados à Central de Polícia para registro de ocorrência do motim.

A penitenciária onde ocorreu a tentativa de motim tem capacidade para 600 presos e foi inaugurada em 15 de junho de 2019.

Detento encontrado morto
Um detento de 27 anos, identificado como Iago Renan da Silva, foi encontrado morto dentro da cela onde cumpria pena no presídio. O caso aconteceu na madrugada de 25 de julho deste ano.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o chefe da segurança na unidade relatou que ouviu os apenados batendo nas celas para avisar da morte de Iago. Na mesma cela estavam outros sete apenados.


Em outubro de 2018, ele foi beneficiado com a progressão de regime e passou a cumprir pena no semiaberto, mas voltou ao regime fechado em abril deste ano após fugir e ser recapturado.

Fonte: G1/RO

motim   Presos   jogam   fezes   urina   Agentes Penitenciários   Porto Velho  

Mais em Cidades

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.