Rolim de Moura,
29°C

Regulamento do Rondoniense 2020 prevê o rebaixamento de quatro clubes
Medida busca reativação dá Série B do Campeonato estadual

Publicado 10/12/2019
Atualizado 10/12/2019
A A
Foto: Divulgação

O Campeonato Rondoniense 2020 terá 11 equipes na disputa, e de acordo com o Regulamento Específico da Competição – REC quatro delas serão rebaixadas ao final da primeira fase.

Os 11 clubes foram divididos em dois grupos, com a Chave A formada com Guajará, Real Ariquemes, Porto Velho, Genus e Rondoniense; e a Chave b composta por Ji-Paraná, União Cacoalense, Guaporé, Atlético Pimentense, Barcelona e o atual campeão Vilhenense. De acordo com o REC, essas equipes se enfrentam dentro de seus grupos em turno e returno e ao final dessa primeira fase, os dois clubes melhores colocados de cada grupo avançam para a semifinal, enquanto os dois últimos colocados de cada chave serão rebaixados.

O descenso é tratado no Artigo 11 do REC que diz: “Art. 11º - Os dois últimos clubes colocados de cada grupo, ao final da 1ª Fase (jogos de ida e volta), no Campeonato Rondoniense Série A – 2020, estarão rebaixados (descenderão) para Série “B” do Campeonato Rondoniense subsequente.”

Na seu parágrafo único, o artigo deixa a critério dos clubes rebaixado a decisão de disputar ou não o Campeonato Rondoniense Série B do mesmo ano em que ocorreu o rebaixamento.

No entanto, o REC não explica quantos clubes subirão de uma eventual Série B para a Série A.

Em 2019 o regulamento previa queda de dois clubes, vagas que foram ocupadas por Barcelona e Guajará que foram beneficiados pela suspensão da Série B por número insuficiente de clubes interessados, e por isso disputam a primeira divisão estadual em 2020.

Fonte: Folha do Sul

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?