Rolim de Moura,
22°C

Agronegócio
John Deere anuncia paralisação de fábricas em SP, GO e RS
A empresa informou ainda que o Centro de Distribuição de Peças para América do Sul, atuará em regime de escalonamento, com o objetivo de não interromper o apoio ao produtor agrícola

Publicado 25/03/2020
A A
Foto: John Deere/Reprodução

A John Deere informou nesta terça-feira, 24, a reorganização de operações no Brasil,  com o objetivo de contribuir na contenção da curva de contaminação pelo novo Coronavírus (COVID-19), e visando proteger a saúde dos colaboradores e suas famílias, sem deixar de atender seus clientes nas áreas agrícola e de construção.

A partir desta quarta-feira 25, o Centro de Distribuição de Peças para América do Sul, localizado em Campinas (SP), atuará em regime de escalonamento, com o objetivo de não interromper o apoio ao produtor agrícola neste momento crítico de colheita da safra atual e de garantir disponibilidade de serviços aos clientes do segmento de construção.

“Esta medida se faz necessária uma vez que a produção de alimentos e a infraestrutura são consideradas pelas autoridades como atividades essenciais à população. Medidas necessárias de prevenção, proteção e reforço dos cuidados com a saúde dos colaboradores envolvidos nesta operação já foram implementadas, ressaltou a empresa.

Também a partir desta quarta-feira 25 serão paralisadas, por período ainda a ser definido, as fábricas de Horizontina (RS), onde se produzem colheitadeiras e plantadeiras, e de Porto Alegre (RS), onde está localizada a unidade produtiva da Ciber, fabricante de equipamentos rodoviários da Wirtgen Group, pertencente à Deere&Co.

Na próxima segunda-feira, 30, a medida de paralisação passa a prevalecer nas demais unidades: fábrica de tratores em Montenegro (RS); fábrica de pulverizadoras PLA em Canoas (RS); fábrica de máquinas de construção em Indaiatuba (SP), incluindo a planta em joint-venture Deere-Hitachi; e fábrica de colhedoras de cana e pulverizadoras em Catalão (GO).

Ainda segundo a empresa, todos os colaboradores localizados na Sede América Latina, em Indaiatuba (SP), como do Banco John Deere e dos Serviços de Suporte ao Cliente, trabalharão normalmente em regime remoto.

Fonte: Canal Rural

John Deere   brasil   Coronavírus   Saúde   Colaboradores   Construção   Fábrica   Produtor Agrícola   Covid-19   Visando Proteger  

Mais em Agronegócio

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?