Rolim de Moura,
22°C

Rondônia
Prefeitura de Porto Velho reforça fiscalização para coibir irregularidades na venda de peixes

Publicado 07/04/2020
A A
Foto: Assessoria

A Prefeitura de Porto Velho, como acontece todos os anos, e agora mais ainda por causa do novo coronavírus (Covid-19), está intensificando a fiscalização para coibir qualquer tipo de irregularidade na comercialização de peixes durante a Semana Santa, especialmente quanto a higiene do local, do produto e de quem manipula o pescado.

Quem trabalha em ambiente fixo e com água em abundância pode continuar limpando o peixe no local, mas deve redobrar os cuidados com a higiene em todos os sentidos, inclusive usar máscara e disponibilizar álcool em gel ou água e sabão para os clientes, caso seja necessário.

Já para os feirantes permanecem as regras estabelecidas pela portaria nº 023/GAB/Semusb, de 18 de março de 2020. Nesse caso, o peixe não deve ser tratado no local. “Somente está autorizada a venda de peixes sem as vísceras, embora o feirante possa ticar e até cortar o pescado conforme o gosto do cliente”, explica o subsecretário municipal de serviços básicos, Rainey Viana.

Os feirantes ainda devem obedecer a distância de uma banca para a outra e a largura dos corredores, que é de 2 metros, para proporcionar um ambiente mais arejado e saudável a todos. Além disso, os produtos devem ser expostos em ambientes refrigerados. Também devem usar máscaras e disponibilizar água e sabão ou álcool em gel.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Cuidados Redobrados   Peixe   Fiscalização   clientes   Porto Velho  

Mais em Rondônia

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?