Rolim de Moura,
22°C

Rondônia
Multinacional sinaliza para doação de hospital de campanha para atender pacientes da Covid-19 em Rondônia

Publicado 22/05/2020
Atualizado 22/05/2020
A A
Foto: Edcarlos Carvalho

Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (22), o secretário de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, anunciou que uma multinacional sinaliza para doação de hospital de campanha da Covid-19 em Rondônia. O prazo para construção do hospital é estimado em quatro semanas, sendo a estrutura em pré-moldado, que terá 60 leitos, entre clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A unidade deve ser construída próxima ao Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron).

O secretário destacou que esse hospital além de ser usado neste momento de pandemia, ficará definitivo para somar com a estrutura hospitalar estadual. ‘‘Eles já sinalizaram que vêm fazer a construção, estão se preparando para isso, e estamos ansiosos aguardando esse hospital’’, afirma. De acordo com o secretário, o governador, coronel Marcos Rocha, participou de reunião em videoconferência com a empresa, e está feliz com essa iniciativa.

APELO

Na ocasião, o secretário estadual de saúde aproveitou para alertar que mesmo com toda essa união de esforços e o empenho intensificado do governo de Rondônia para o enfrentamento da Covid-19, como profissionais de saúde que estão sendo chamados para reforçar linha de frente da batalha contra a doença, e a preparação do hospital Regina Pacis com 140 leitos, o apoio da população é indispensável.

O secretário parabenizou aos que têm cumprido as recomendações de proteção contra a Covid-19 em Rondônia. Mas também fez um apelo para parte da população que ainda não tem se conscientizado da importância de adotar medidas que evitem o contágio. Com 2.659 casos confirmados e 101 óbitos, Fernando Máximo reforça que o Governo precisa ter a população como aliada para controlar a evolução da doença.

‘‘Infelizmente estamos chegando no limite. No limite de capacidade de hospitalar, de leitos de UTI, de respiradores, de profissionais de saúde, então eu conclamo a toda a população: temos que estar juntos. É  preciso deixar de nos reunir, inclusive  em churrascos, academias, velórios, todos têm que se cuidar’’, disse.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

Multinacional Sinaliza   Medicina Tropical   Terapia Intensiva   Saúde   Rondônia   População   HOSPITAL   Secretário   Sesau   Estado  

Mais em Rondônia

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?