Rolim de Moura,
21°C

Polícia
Bombeiro se irrita com “Corona Fest” e dispara arma de fogo; vizinhos ameaçam “cortar as barrigas” de militar e esposa
Incidente aconteceu na noite de ontem, no bairro Cristo Rei, em Vilhena

Publicado 13/06/2020
Atualizado 13/06/2020
A A
Foto: Imagem de Mrdidg por Pixabay

Na noite de ontem, dois homens (de 30 e 32 anos, respectivamente) e uma mulher de 35 anos, foram presos, após um desentendimento que resultou em disparo de arma de fogo. O incidente aconteceu no bairro Cristo Rei, em Vilhena.
 
Segundo a ocorrência policial, um Bombeiro Militar de 32 anos teria ido até a casa dos vizinhos, onde estaria acontecendo uma “Corona Fest”, com várias pessoas, e pediu para que o volume do som fosse diminuído.
 
Depois que o Bombeiro voltou para sua residência, uma das participantes da festa foi até lá, com uma faca na mão, disse que ele e sua esposa, de 27 anos,  deveriam ter “as barrigas cortadas”. A mulher, que estava acompanhada dos dois homens, teria se irritado com o pedido para baixar o som.
 
O Bombeiro alegou, ao registrar a queixa na polícia, que chegou a pedir várias vezes para que os vizinhos não avançassem e, como eles não obedeceram, foi feito o disparo com a pistola calibre .40, mas ninguém se feriu.
 
Logo em seguida, o autor do tiro deixou o local e foi para a Unisp, enquanto as ameaças eram repetidas para a esposa dele, que havia permanecido na casa.
 
Diante dos fatos, os acusados foram presos e levados para prestar esclarecimentos na Polícia Civil.

Fonte: Folha do Sul Online

Corona Fest   Bombeiro Voltou   Ocorrência Policial   ARMA DE FOGO   Bombeiro Militar   Bairro Cristo   Respectivamente   Fogo   HOMENS   Cristo Rei  

Mais em Polícia

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?