Rolim de Moura,
26°C

Soja: quase 30% das exportações em junho saíram pelo Porto de Santos
O porto de Santos também foi responsável pela maior parte dos embarques de farelo de soja no mês passado

Publicado 09/07/2020
A A

O porto de Santos respondeu por 29% das exportações de soja no Brasil em junho de 2020, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. Das 13,75 milhões de toneladas embarcadas no país, cerca de 3,989 saíram pelos terminais de Santos.

Com isso, o porto de Santos lidera nos embarques da oleaginosa no mês e também no ano. Por lá, saíram 19,598 milhões de toneladas das 60,35 milhões exportadas de janeiro a junho deste ano.

Os volumes, tanto para julho quando para 2020, são mais que o dobro do exportado pelo segundo lugar, o porto de Paranaguá (PR), que totalizou 1,742 milhão de toneladas em junho e soma 9,116 milhões no ano.

O terceiro maior polo exportador de soja do Brasil em junho foi o porto de São Luis (MA), com 1,634 milhão de toneladas. No ano, o porto maranhense exportou 5,569 milhões de toneladas.

O porto de Rio Grande (RS) respondeu por 6,032 milhões de toneladas em 2020. Já em junho, o porto exportou 1,529 milhão de toneladas, ficando com a quarta posição entre os principais pontos de embarque do produto nacional.

Farelo

O porto de Santos também foi o principal responsável pelas exportações de farelo de soja em junho, embarcando 749,3 mil toneladas do subproduto. Paranaguá ficou em segundo lugar, com 522,8 mil toneladas e Rio Grande em terceiro, com 205,4 mil.

O Brasil exportou 1,66 milhão de toneladas de farelo no mês. No ano, são 8,51 milhões de toneladas.

Fonte: Canal Rural

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?