Rolim de Moura,
35°C

MP denuncia jovem pelo feminicídio da ex a facadas enquanto ela dizia que o amava
Câmeras registraram quando a vítima é golpeada várias vezes. Denunciado disse em depoimento que tentou se defender após ser ameaçado.

Publicado 17/07/2020
Atualizado 17/07/2020
A A

Em Goiânia, um jovem identificado  pelas iniciais W. X. P., de 19 anos, foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás pelo feminicídio da ex-namorada, morta a facadas. Segundo o documento, o crime aconteceu porque o rapaz não queria que a vítima fosse a uma festa. Câmeras registraram quando a vítima  identificada pelas iniciais A. M. dos S., de 31 anos, é golpeada várias vezes e depois arrastada pela rua.

O juiz Jesseir Coelho de Alcântara recebeu a denuncia nesta sexta-feira (17) e deu um prazo de dez dias para que a defesa apresente a resposta à acusação. O suspeito está preso desde o dia 22 de junho.

O suspeito foi denunciado por feminicídio por motivo fútil, com emprego de meio cruel e em razão da condição de sexo feminino. No documento, o promotor aponta que foi causado sofrimento físico, inclusive ignorando as súplicas da vítima. Uma testemunha relatou que ouviu a mulher pedir para não ser morta e dizer que amava o suspeito.

O caso aconteceu no dia 14 de junho. O casal namorou por um ano e seis meses, mas terminou devido ao histórico de agressões físicas do companheiro, conforme o processo. Na época do assassinato, os dois voltaram a se encontrar para tentar uma reconciliação, passando, inclusive, o Dia dos Namorados juntos.

O promotor de Justiça Maurício de Camargos apontou que o jovem disse à Polícia Civil que estava em casa quando a vítima chegou de moto para pegar uma porção de droga e ir a uma festa. Ainda no depoimento, o suspeito alegou que, com raiva, pegou a chave da moto, o que causou o início da discussão.

O denunciado alega que agiu apenas para se defender após ter sido ameaçado e agredido com capacete. Porém, essa suposta agressão sofrida por ele não foi registrada pelas câmeras de segurança.

Nas imagens de câmera de segurança, o casal aparece caminhando pela rua e, momentos depois, começam a discutir. O homem segura uma faca e acerta vários golpes na ex-namorada. A mulher ainda tenta empurrá-lo, mas não consegue fazer com que ele se afaste.

Ferida, ela cai no chão. A mulher ainda tenta se levantar e fugir, mas cai novamente. O homem, então, foge sem prestar socorro. O laudo cadavérico apontou inúmeros golpes de faca em várias regiões do corpo da vítima, principalmente na boca, tronco e braço.

Fonte: G1 GO

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?