Rolim de Moura,
35°C

SITE OLX: Polícia Civil de Rondônia evita golpe de 30 mil e prende estelionatário em flagrante no Paraná
A vítima procurou a delegacia de Ouro Preto do Oeste que, imediatamente, com o auxílio dos gerentes das agências bancárias envolvidas.

Publicado 24/07/2020
Atualizado 24/07/2020
A A

A Polícia Civil, em uma ação integrada entre as delegacias de Ouro Preto do Oeste/RO e Maringá/PR, conseguiu prender em flagrante o estelionatário B. H. S.S. (28 anos) no momento em que tentava sacar mais de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) em uma agência bancária no centro da cidade de Maringá/PR. 
 
A vítima, morador da cidade de Teixeirópolis/RO, se interessou por um caminhão através do site OLX e entrou em contato com o anunciante (estelionatário), o qual informou que o caminhão estava com um “funcionário” (real proprietário do caminhão) e que poderia olhar o veículo para que o negócio fosse fechado. O estelionatário também mantinha contato com o real proprietário do caminhão (segunda vítima), morador de Ponta Grossa/PR, dominando tanto o comprador como o vendedor, exigindo que ambos não tratassem de valores quando se encontrassem pessoalmente.
 
Para a primeira vítima, o estelionatário dizia que era para evitar o pagamento de comissão ao “funcionário”, enquanto que para a segunda vítima, dizia que iria repassar o veículo por um valor mais alto, a fim de “quitar uma dívida”. Ao se encontrarem, a vítima fechou negócio e acabou transferindo o dinheiro para uma conta indicada pelo estelionatário e não para o real dono do veículo. Após a transferência, o anunciante (estelionatário) passou a não atender ao telefone e responder mensagem das vítimas, ocasião em que o golpe foi constatado.
 
A vítima procurou a delegacia de Ouro Preto do Oeste que, imediatamente, com o auxílio dos gerentes das agências bancárias envolvidas e delegacia de Maringá, conseguiram evitar o saque do dinheiro e prender o golpista em flagrante. 
O delegado Niki Alves Locatelli, titular da delegacia de Ouro Preto do Oeste, explica que graças a rápida ação da polícia, funcionários do banco e da própria vítima, conseguiram êxito na ação integrada.
 
“Golpes tem sido cada vez mais frequentes e a população deve estar atenta, buscando orientações com a polícia quando pairar dúvidas sobre possível tentativa de estelionato a fim de evitar que o golpe se consume, pois a recuperação do dinheiro é muito difícil”.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?