Rolim de Moura,
0°C

Renato cita 'bom senso' e espera aval para Grêmio jogar semi na Arena
O uso do estádio do clube está vetado pelo prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) em virtude da pandemia de Covid-19

Publicado 30/07/2020
A A

O Grêmio espera ter autorização das autoridades municipais de Porto Alegre para jogar contra o Novo Hamburgo na Arena do Grêmio no fim de semana, em partida válida pela semifinal do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

O uso do estádio do clube está vetado pelo prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) em virtude da pandemia de Covid-19. Nesta quarta-feira (29), o Grêmio atuou em Lajeado, onde empatou sem gols com o Novo Hamburgo. Com resultados paralelos, o confronto será repetido na próxima fase.

"Isso é um problema que cabe ao nosso presidente, às autoridades. Óbvio que há interesse de todo mundo em jogar na arena. Gostaríamos muito que o prefeito liberasse a nossa arena. Espero que haja bom senso e que nos deixem jogar lá", disse Renato Gaúcho.

Caso a Arena do Grêmio não seja liberada, o clube vai solicitar que a partida seja realizada no CFT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, e durante o dia, pela falta de iluminação artificial. O jogo ainda não tem data definida para ocorrer.

"Lógico que a gente gostaria de gramados melhores, até para evitar lesões, mas isso é o que temos. Vamos nos preocupar com a semifinal. Espero que o prefeito possa liberar a Arena, mas se não der vamos jogar no CT. Ali o gramado é muito bom", afirmou Portaluppi.

O Grêmio terminou a fase de grupos do segundo turno com 14 pontos, na liderança do grupo B. Adversário na semifinal, o Novo Hamburgo anotou oito pontos na chave A.

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?