Rolim de Moura,

Chamamento público é aprovado para projeto de expansão da Infovia em Rondônia
Infovia é rede de alta disponibilidade e velocidade, que interliga diversas unidades organizacionais do poder público do Estado de Rondônia

Publicado 17/08/2020
A A

O Conselho Gestor do Programa de Parcerias Público-Privado aprovou a realização de chamamento público para a formulação do projeto de Expansão da Infovia aos 52 municípios do Estado de Rondônia, na última quinta-feira (13), em uma reunião por videoconferência. Essa expansão irá interconectar as unidades públicas estaduais em uma mesma rede de alta capacidade e reduzir gastos com contratação de empresas de telecomunicação.

Com a aprovação do Conselho Gestor o edital está sendo elaborado e nos próximos dias será publicado no Diário Oficial. Faz parte do Conselho Gestor a Casa Civil, Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), Procuradoria Geral do Estado, Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e Secretaria de Estado de Finanças (Sefin).

A Infovia foi implantada em junho de 2016 e foi instalada nos municípios de Porto Velho, Candeias e Ariquemes para interligar diversas unidades organizacionais do poder público por meio de uma rede de alta disponibilidade e velocidade (fibra óptica). Fornecendo serviço de conectividade nas unidades policiais, saúde e escolas. Até o momento 260 unidades tem implantado a rede.

Conforme explica o técnico em Tecnologia da Informação e Comunicação, Caê Aires Moura Lacerda, esses dados irão ser multiplicados com a expansão e trará economia nas áreas de telecomunicação para o Governo, permitindo um grande volume de transporte de dados. “Com a expansão para os 52 municípios e 50 distritos do Estado, a Infovia trará diversos benefícios. Hoje, R$ 17 milhões são gastos por ano com contratos de link de internet. Através dos estudos, demonstramos que a Infovia representa uma economia de mais de 100%, em relação aos contratos existentes. Assim, o Estado teria garantia de melhores preços e de um melhor serviço”.

O coronel e superintendente Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic), Delner Freire, explica que a expansão da Infovia será essencial para o período pós-pandemia.“Não resta dúvida que os meios digitais, agora, têm outra importância. Nesse mundo pós-pandemia, o Estado tem o desafio de continuar a ofertar seus serviços, e ao mesmo tempo manter as medidas de distanciamento social. Para isso, a Infovia será essencial, possibilitando a telemedicina, ensino à distância e diversas outras soluções em tecnologia da informação e comunicação”.