Rolim de Moura,

Recorde: preço do arroz bate R$ 100 por saca no RS
De acordo com a consultoria, esse valor está sendo praticado pela saca de 50 kg FOB do arroz em casca de variedades nobres

Publicado 19/08/2020
A A

O preço do arroz em casca pago ao produtor do Rio Grande do Sul – maior produtor nacional – bateu R$ 100 por saca de 50 kg FOB pela primeira vez na história, nesta quarta-feira, 19, de acordo com a Cogo – Inteligência em Agronegócio.

“Esse preço está sendo praticado para arroz em casca de variedades nobres, com 64% de grãos inteiros, para o produto FOB fazenda, com 12% de umidade, até 2% de impurezas, livre de Funrural e CDO”, diz.

Para o arroz em casca de variedades comerciais, que representam a maioria da área plantada no território gaúcho (cerca de (74,1%), as cotações para o produto com 58% a 60% de grãos inteiros, 12% de umidade e até 2% de impurezas, livre de Funrural e CDO, as cotações giram entre R$ 90 e R$ 95 por saco de 50 kg FOB.

“Entretanto, praticamente não há mais vendedores no estado abaixo dos R$ 95 para estas especificações comerciais, enquanto os compradores cumprem contratos e buscam repassar as altas diárias acumuladas nos próximos compromissos de venda”, informa.

Segundo a Cogo, a tendência é de alta dos preços do arroz em casca ao produtor ao longo deste segundo semestre, diante do consumo interno aquecido, ritmo aquecido das exportações brasileiras e recuo das importações, com projeção de escassez de oferta no mercado interno até o fim de 2020. “Com o viés de alta, os agricultores estão retraídos, aguardando a evolução dos preços, na expectativa de novos reajustes nas próximas semanas”, diz.

Fonte: Canal Rural