Rolim de Moura,

STJ nega liminares para soltar prefeitos detidos pela Polícia Federal em Rondônia
O ministro decidiu ouvir os argumentos do Tribunal de Justiça para voltar a analisar os pedidos.

Publicado 30/09/2020
Atualizado 30/09/2020
A A

O ministro Joel Ilan Paciornik, da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou os pedidos de liminares em habeas corpus apresentados pela defesa dos prefeitos de Cacoal, Glaucione Rodrigues e de Rolim de Moura, Luiz Ademir Schock.

Eles estão detidos em Ji-Paraná desde a última sexta-feira quando foram presos pela Polícia Federal acusados de corrupção na Operação Reciclagem.

Também foi negada liminar para o marido de Glaucione, o ex-deputado Daniel Neri.

O ministro decidiu ouvir os argumentos do Tribunal de Justiça para voltar a analisar os pedidos.