Rolim de Moura,

Polícia Militar traça estratégia para atuação nas eleições que vão ocorrer em 15 de novembro
Polícia Militar reforça efetivo para atuação nas eleições de 15 de novembro

Publicado 04/11/2020
Atualizado 04/11/2020
A A

O quantitativo de policiais militares e viaturas que a Polícia Militar do Estado de Rondônia irá empregar para promover a segurança das eleições de 2020, marcadas para 15 de novembro, começa a ser planejado pela Corporação que tem mantido reuniões para fortalecer o planejamento de segurança que será executado em Porto Velho e em todo o interior do Estado, nos locais de votação.

Conforme estimativa da Polícia Militar, no primeiro turno das eleições serão 160 policiais militares a mais que vão intensificar o patrulhamento nas proximidades dos locais de votação, inclusive no dia anterior à eleição, somando ao efetivo de policiamento ostensivo rotineiro.

O planejamento tem sido constantemente discutido no Comando-Geral da Polícia Militar, com intuito de apontar os principais procedimentos operacionais que a Corporação desenvolverá para garantir a segurança da população no pleito.

Para coibir a possibilidade de ilícitos eleitorais (crimes eleitorais, infrações administrativas e condutas vedadas), e considerando a necessidade de controle do distanciamento social em virtude da pandemia da Covid-19, a Coordenadoria de Planejamento Operacional (CPO) da PM está, juntamente com as demais coordenações e Batalhões da Polícia Militar realizando os últimos ajustes.

Os preparativos para o policiamento ostensivo ordinário, especial e de trânsito, visando a preservação da tranquilidade pública e pleno exercício do direito de voto quanto às atividades relacionadas ao pleito eleitoral 2020 no Estado de Rondônia são as principais funções da PMRO, conforme explicou o coordenador de Planejamento Operacional, coronel PM Fábio Alexandre Santos França. “As escolas que já estarão ocupadas por urnas eletrônicas e pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) terão a segurança intensificada. A PMRO também é responsável pela segurança dos juízes eleitorais, magistrados e promotores no dia das eleições”, explicou o coronel.

O período de pandemia trouxe algumas mudanças, como o horário diferenciado para início das eleições, sendo que os locais de votação abrirão uma hora antes, e começarão a receber os eleitores idosos e do grupo de risco às 7h.

PLANEJAMENTO

O aumento no número de candidatos poderá gerar um aumento na quantidade de denúncias de ilícitos neste pleito eleitoral, para isso a Polícia Militar de Rondônia está com seu planejamento antecipado e em alinhamento com a Coordenação de Segurança das Eleições (Cose).

O Disque Eleição estará funcionando através do número 148, para denúncias que consequentemente serão transmitidas para as equipes de policiais militares de radiopatrulha, que irão averiguar o ilícito, assim como evitar aglomeração nas proximidades dos locais de votação.

A Polícia Militar também estará dando apoio ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na triagem e registro de ocorrências das pessoas flagranteadas cometendo algum crime eleitoral, durante registro das ocorrências, para que sejam tomadas posteriormente as providencias da Justiça Eleitoral.