Rolim de Moura,

Durante final de semana, PRF apreende uma arma e detém 2 motoristas por estarem dirigindo sob efeito de álcool
Um dos condutores apresentou índice de alcoolemia com o triplo do limite para o cometimento desse tipo de crime de trânsito. Os flagrantes aconteceram nas cidades de Ji-Paraná e Guajará-Mirim

Publicado 09/11/2020
Atualizado 09/11/2020
A A

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Rondônia, prendeu, durante o final de semana, dois condutores que foram flagrados conduzindo veículo sob o efeito de álcool. Em um dos casos, o índice apresentado ultrapassava o triplo do limite máximo para cometimento desse crime de trânsito. Além dos crimes de alcoolemia, um condutor ainda foi preso por porte ilegal de arma de fogo.

Na noite da sexta-feira (06), na cidade de Ariquemes, durante fiscalização na BR 364, a PRF encontrou uma Pistola calibre .22 e 540 munições sendo transportados por um homem, que não apresentou documentação que justificasse o porte do armamento. O condutor responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

Já em Guajará-Mirim, na noite de sábado (07), na BR 364, a PRF deu ordem de parada a um veículo que transitava em alta velocidade transportando 7 pessoas. O motorista desrespeitou o comando e iniciou fuga. Após serem alcançados, os policiais verificaram que o condutor estava em visível estado de embriaguez alcoólica e o submeteram ao teste de alcoolemia, apresentando resultado positivo para ingestão de álcool. O resultado apontou um índice três vezes superior ao limite estabelecido pela legislação.

Em Ji-Paraná, também durante a noite de sábado (07), na BR 364, um homem dirigindo uma motocicleta foi preso. Foi constatado que o motorista estava conduzindo o veículo sob o efeito de álcool. O resultado apresentado foi o dobro do limite estabelecido para o cometimento desse tipo de crime de trânsito.

Todos os condutores foram encaminhados à Polícia Civil dos municípios de cada ocorrência para os procedimentos que o caso requer.

Fonte: Assessoria de Imprensa