Rolim de Moura,

Homem é esfaqueado e quase tem corpo incendiado porque não votou
Vítima sofreu atentado, na porta de casa, após dizer que não foi votar nas eleições de domingo (15).

Publicado 18/11/2020
A A

Um homem de 40 anos, que não teve o nome revelado, foi esfaqueado após dizer que não votou nas eleições do domingo (15). O caso foi registrado na madrugada de segunda-feira (16), no centro de Porto Esperidião (326 km da Capital). Os agressores ainda tentaram atear fogo na vítima. 

Segundo a Polícia Civil, a unidade de saúde acionou a Polícia Militar após a vítima dar entrada com vários ferimentos no braço. Aos militares, o homem contou que estava em sua casa e, por volta de 5h30, dois homens em uma moto pararam em seu portão. 

Ele foi ver o que os indivíduos queriam e foi questionado se havia votado. Ao responder de forma negativa, ele foi esfaqueado. Em seguida, os bandidos jogaram um copo de combustível no homem, para atear fogo. 

A vítima pegou um pedaço de madeira e conseguiu se defender. Ele deu um golpe nas costas do garupa, dessa forma, os dois fugiram em alta velocidade. 

O homem afirmou que os dois estavam de capacetes e não conseguiu identificar se eram pessoas conhecidas. Os bandidos estão foragidos.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil investiga o caso. 

Fonte: Repórter MT