Rolim de Moura,

No Dia da Mulher Operadora do Direito OAB homenageia a advogada Alice Reigota

Publicado 17/12/2020
A A
FOTO: Ascom OAB/RO

No dia 15 de dezembro é comemorado o “Dia da Mulher Operadora do Direito” e a OAB Rondônia, a Escola Superior de Advocacia do Estado de Rondônia (ESARO) e a Comissão da Mulher Advogada (CMA) aproveitaram a data para homenagear a advogada Alice Reigota. Profissional com muitos serviços prestados à advocacia na subseção de Ji-Paraná e de atuação aguerrida em favor da profissão e da multiplicação dos seus conhecimentos.

A sétima edição do projeto “A Voz da Mulher: Mulheres, Vivências e Experiências – Inspiração e Histórias” homenageou Alice Barbosa Reigota Ferreira, que está na advocacia há 36 anos e faz parte da história da OAB Ji-Paraná, já tendo, inclusive, ocupado cargos na diretoria de: secretária-geral e diretora-tesoureira.

Durante o evento, o presidente da OAB Rondônia, Elton Assis, ressaltou o Dia da Mulher Operadora do Direito, que acontece após a importante conquista da paridade na composição das chapas da OAB, tanto nos cargos de titularidade como de suplentes, válidas já para as próximas eleições.

“Hoje temos uma luta constante pelas prerrogativas, então imaginamos as dificuldades enfrentadas pela Alice Reigota, que sempre esteve ao lado do baluarte Armando Reigota, exercendo ardentemente a advocacia, além de fazer um trabalho social que engrandece a profissão e a sociedade de Ji-Paraná. Você é um orgulho para a advocacia de Rondônia e inspiração para a Jovem Advocacia”.

“Alice Reigota representa muito para a advocacia de Ji-Paraná, e não tem como falar de sua história sem lembrar de Armando Reigota, pela união dos dois. E depois, de Alicinha Reigota. Uma família que sempre se dedicou à advocacia e sempre atendeu aos seus chamados. Naquela época em que não tinha Procuradoria, Alice e Armando Reigota sempre foram em socorro dos colegas, quando eram chamados. Você é um exemplo para várias mulheres em Ji-Paraná e no estado”, homenageou Solange Aparecida, vice-presidente da Seccional e diretora geral da ESARO.

Para o secretário-geral da OAB Rondônia, Márcio Nogueira, o mundo trata as pessoas do jeito que elas tratam o mundo, e Alice Reigota chegou a Rondônia com coragem e disposição para desbravar sua história. “Tenho da senhora a melhor das referências: Armando Reigota Filho, de quem tenho uma admiração imensa. Tenho certeza que assim como em mim habita muito da minha mãe, que norteou quem eu sou, então quero homenagear a senhora falando do quanto seu filho é grandioso e tenho certeza que muito veio da senhora”.

Veralice Veris, conselheira federal e presidente da Comissão da Mulher Advogada da OABRO comentou: “Quando cheguei, a Alice já era extremamente respeitada por todos, e quando se ganha o respeito dos seus pares, aí vemos o quanto se alcançou. Para nós, termos uma grande advogada do quilate de Alice Reigota é motivo de alegria, felicidade, honra, especialmente hoje, no Dia da Operadora do Direito e depois do dia histórico de ontem, com a aprovação da paridade de gênero nas eleições da OAB”.

Elton Fülber, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Rondônia (CAARO), falou que “a nossa inteligência não é capaz de sintetizar a grandiosidade dessa família, que foram a base para os filhos, que trilharam esse caminho maravilho. Esse seu trabalho já ultrapassou, em muito, as pessoas individuais e alcançaram o coletivo. Muitas vezes as jovens advogadas mencionam os desafios que enfrentam hoje, mas não imaginam os desafios que a senhora enfrentou lá atrás, com mulheres que foram educadas para ficar em casa, e quebrou os paradigmas. Reconhecer esse trabalho é mais que uma homenagem, é uma obrigação”.

Jefferson Freitas Vaz, presidente da OAB de Ji-Paraná, citou o dia como uma data especial que visa fortalecer a figura da mulher na sociedade. “Estamos tendo o privilégio de vivenciar esse momento, de tecer elogios e reconhecimento à sua história. Os meus primeiros ensinamentos de Direito Constitucional aconteceram com a professora Alice Reigota, que guardo com carinho a forma como ela tratava seus alunos. Ficam minhas palavras de gratidão à Alice e toda a família Reigota que sempre contribuiu muito com o desenvolvimento de nosso município. Deixo um enorme abraço desse seu sempre aluno”.

Sessão extraordinária do projeto

Neste mês, em face das comemorações do Dia da Mulher Operadora do Direito, duas advogadas atuantes e que mantém em sua jornada de trabalho um grande patrimônio em favor das causas institucionais e do fortalecimento da advocacia foram homenageadas. Vera Paixão recebeu honras em 02 de dezembro.

Homenageada

Alice Reigota contou que escolheu a advocacia porque gostava muito das brigas entre advogados e clientes e por isso, quis estar perto e viver nesse mundo. Para ela, ter feito parte da OAB, mostrou que o reconhecimento público como advogada é maior. “Digo aos colegas que é preciso estudar, ser muito honesto consigo mesmo, com os colegas e com os clientes. E, principalmente, lutar sempre. Advocacia para mim era como uma religião e espero ter ensinado isso aos meus alunos”.

A advogada e professora terminou falando que realizou todos os seus sonhos e qual o papel da Ordem na vida da advocacia “A OAB precisa de nós advogados. Ela é uma entidade maravilhosa, séria e dependemos muito dela”.

Projeto “A Voz da Mulher”

Também homenagearam Alice Reigota, o conselheiro seccional, Dilson Martins e a presidente da CMA na subseção de Ji-Paraná, Márcia Dantas Tupan.

Fonte: Ascom OAB/RO

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?