Rolim de Moura,

Homem preso por agressão vai atrás da esposa após ser solto e, por não achá-la, esfaqueia cunhada e sobrinha em RO
Vítimas dos golpes de facão tiveram ferimentos graves e foram submetidas a uma cirurgia. Agressor não foi localizado pela polícia em Ariquemes.

Por G1 RO
Publicado 22/12/2020
Atualizado 22/12/2020
A A

Um homem que havia sido preso por violência doméstica, na tarde de domingo (20), voltou à casa da esposa para tentar matá-la em Ariquemes (RO). Como não a encontrou mais, o agressor pegou um facão e esfaqueou a cunhada e sobrinha dele. O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso.

De acordo com o registro feito na delegacia, a Polícia Militar (PM) foi quem atendeu o caso inicialmente, após ser acionada para atender um esfaqueamento no setor Rota do Sol.

Ao chegarem no local, os policiais observaram duas mulheres, mãe e filha, ensanguentadas e com com vários cortes pelo corpo, como nas pernas, braços, pescoço e cabeça. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) então foi chamado imediatamente.

Aos policiais, uma das vítima relatou que o esposo da irmã dela havia sido preso por violência doméstica na tarde de domingo (20), mas o homem foi solto logo depois.

Já livre da cadeia, o agressor tentou localizar a esposa na residência do casal para matá-la, conforme informado pela irmã dela. Não a encontrando, foi à casa da cunhada dele.

Como a esposa do agressor também não estava no imóvel, o homem, que estava nervoso e fazendo várias ameaças, pegou um facão e partiu para cima da mulher e da filha dela. Ambas sofreram vários cortes.

Após golpear a cunhada e a sobrinha, o suspeito foi à casa de outra cunhada. No local ele também não encontrou a esposa e, ainda nervoso, ameaçou a cunhada e quebrou o vidro de uma janela da residência. Depois disso, ele fugiu do local e não foi encontrado.

As vítimas golpeadas com facão, de acordo com o boletim, tiveram ferimentos graves e foram encaminhada ao hospital, onde foram submetida à cirurgia. O suspeito não foi localizado. A polícia investiga o caso.

Fonte: G1 RO

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?