Rolim de Moura,
26°C

Cidades
Onze pessoas são presas na 'Operação Ultimato' deflagrada pela Polícia Civil em Extrema
A ação contou com a participação de 60 policiais.

Assessoria de Imprensa
Publicado 14/08/2019
A A
Fotos: Assessoria

A Polícia Judiciária Civil do Estado de Rondônia, por intermédio do Departamento de Polícia Metropolitana-DEPOM e da 2ª Delegacia de Polícia Civil da capital, deflagrou nesta terça-feria,13, a Operação “ULTIMATO” no distrito de Extrema com o objetivo de combater o tráfico de entorpecentes e homicídios praticados por organização criminosa.

A operação recebeu o nome de “Ultimato” porque culminou com a prisão do chefe da organização em Extrema e  visou debelar a célula criminosa envolvida em tráfico de entorpecentes e homicídios.

A operação contou com a participação de 60 policiais que efetuaram o cumprimento de 06  mandados de prisão e 09  mandados de busca e apreensão, todos direcionados aos chefes de tráfico de drogas na região envolvidos com homicídios. As investigações apontaram que o tráfico de entorpecentes estava se ramificando intensamente no distrito de Extrema, com incursões de criminosos oriundos de Rio Branco-AC, participantes de facções criminosas se envolviam nos mais diversos crimes dentre eles, homicídios. 

A Polícia Judiciária Civil logrou êxito em prender 07  pessoas em flagrante e 6  mandados de prisão, além de substâncias entorpecentes e  01  motocicleta marca Honda.

Relação do presos

1. Valdemir da Costa André, vulgo DEMA, foi preso em cumprimento ao Mandado de Prisão por tráfico e em Flagrante Delito; Segundo informações, ele é aliado de “Geová”(líder  participante de facção criminosa em Extrema) e foi preso em sua residência localizada à Rua Santo Antônio, distrito de Extrema/Porto Velho-RO, com ele foi apreendido uma Espingarda calibre 28 e uma motocicleta marca Honda Biz – cor branca QLV 7789, a qual após possui registro de Roubo / Furto ocorrido no município de Rio Branco-AC;  VALDEMIR POSSUI MANDADO DE PRISÃO EM SEU DESFAVOR EXPEDIDO PELA VARA DE TÓXICOS N°0006984-12.2013.8.22.0501.01.0001-14, SENDO ESTE CUMPRIDO E CERTIFICADO.

2- Edson Soares de Moraes, vulgo “EDI” foi preso em cumprimento ao mandado de busca e em sua residência localizada a Rua Santo Antônio, distrito de Extrema, ocasião em que foi encontrado em seu poder  um revólver calibre 38, com numeração raspada e 5 (cinco) munições; “Edi” é acusado de comandar bocas de fumo na localidade e de ser comparsa de GEOVÁ.

3 – Geová Rufino da Silva, considerado o chefe de organização Criminosa em Extrema, foi preso em cumprimento ao mandado de prisão preventiva, quando estava em sua residência localizada a Rua Santa Maria entre Rua Abunã e Santa Isabel, distrito de Extrema- Porto Velho-RO; Na ocasião de sua prisão, Geová tentou resistiu a ação policial e efetuou um disparo de pistola.45 (numeração 97015) contra os policiais, mas acabou sendo preso.

4 Antônia Pereira Lopes, esposa de Edson, foi presa em Flagrante Delito por Associação ao tráfico e em sua residência localizada a Rua Santo Antônio, distrito de Extrema e em seu poder foi  apreendido a quantia de 100 (cem) gramas de substância, aparentando ser entorpecente do tipo cocaína/ox e 30 (trinta) gramas de substância, aparentando ser entorpecente do tipo maconha; 

5 – Janderson da Costa Silva foi preso em cumprimento de busca e em sua residência localizada a Rua das Flores, bairro São Luís, distrito de Extrema foi apreendido 4 (quatro) munições calibre 38; Janderson é acusado de tráfico de entorpecentes;

6-Felipe Pinho Gama foi preso em cumprimento ao Mandado de prisão preventiva por homicídio;

7- Sirleudo Oliveira do Nascimento foi preso em cumprimento ao Mandado de prisão preventiva por homicídio e Flagrante Delito, Rua dos Navegantes, bairro São Luis, Extrema – Porto Velho/RO;

8 - Ronaldo Rufino da Silva foi preso em cumprimento ao Mandado de prisão por homicídio, Rua Abunã, esquina com Rua Santa Maria

9 – André Luiz Pereira Costa e Dileane Frutuoso da Silva foram presos quando no cumprimento ao Mandado de busca e apreensão foram localizados em seu poder 04 (quatro) invólucros de substância entorpecente e a importância de R$ 3.725,00 (três mil setecentos e vinte e cinco reais) 

10 – Erisvaldo Evangelista dos Santos foi preso cumprimento de mandado de prisão de Homicídio e Tentativa de Homicídio;

11 – Edmar Xavier Pereira foi preso em cumprimento de mandado de prisão de Homicídio e Tentativa de Homicídio;

O material apreendido está sendo contabilizado.

 

 

Fotos: Assessoria
Fotos: Assessoria
Fotos: Assessoria
Fotos: Assessoria
Fotos: Assessoria

Fonte: Assessoria de Imprensa

Operação Ultimato   Polícia Civil   Extrema   Rondônia  

Mais em Cidades

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.