Rolim de Moura,
26°C

Política
Ex-prefeito é condenado por enriquecimento ilícito em Rondônia
Várias testemunhas foram arroladas no interrogatório, provando-se mais uma vez o enriquecimento ilícito dos denunciados, que causaram prejuízos e danos ao município de Cabixi

Por Folha de Vilhena
Publicado 14/08/2019
A A

O ex-prefeito  de Cabixi José Rozario Barroso, conhecido como “Bau”, foi mais uma vez condenado pela Juíza de 1º grau da Comarca de Colorado do Oeste, Dra. Marcia Regina Gomes Serafim, pela prática de enriquecimento ilícito.

Na época da denúncia, o Ministério Público imputou ao ex-mandatário cabixiense, bem como a Benedito Rodrigues da Silva e a Valmir Burdz, a prática de crime de falsidade ideológica e peculato (apropriação de dinheiro ou bens públicos).

Bau e Valmir Burdz, se apropriaram de uma área pública de de R$ 40 mil m², falsificando documentos  para tal fim, e ilusionando ao povo de Cabixi que nessa área seria montado uma Universidade – a UNISA- Universidade Santo Amaro, fato que não aconteceu.

Várias testemunhas foram arroladas no interrogatório, provando-se mais uma vez o enriquecimento ilícito dos denunciados, que causaram prejuízos e danos ao município de Cabixi, que foi privado de usufruir  de verbas públicas e auxílios, na educação, saúde e segurança.

Vejas as penas imputadas aos denunciados

 

JOSÉ ROSÁRIO BARROSO: Condenado em 4 anos de reclusão e 20  dias-multa, a razão de 1/30 do salário mínimo vigente à época do crime.

VALMIR BURDZ: Condenado em 4  anos de reclusão e 20 dias-multa;

BENEDITO RODRIGUES DA SILVA: Condenado em 2  anos de reclusão e 20 dias-multa.

Veja a integra da sentença:

Fonte: Folha de Vilhena

Justiça   Cabixi   ex-prefeito   Rondônia   Testemunhas   Condenado   Município  

Mais em Política

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.