Rolim de Moura,

Polícia apreende em Rolim de Moura; armas de fogo, joias, dinheiro, veículos e também um casal suspeito de roubo em São Francisco
As investigações continuam, pois a caminhonete Hilux e o restante da quadrilha até o momento não foram encontrados.

Por REDAÇÃO
Publicado 17/10/2020
Atualizado 17/10/2020
A A

Em Rolim de Moura – RO, após um trabalho conjunto da Polícia Militar e Civil, eles tiveram êxito em prender um casal suspeito no envolvimento da prática de um roubo  em São Francisco do Guaporé – RO.

A prisão aconteceu segundo as informações, após a Polícia Civil e Militar receber informações anônimas relatando que os suspeitos do roubo realizado em São Francisco 
 estariam em uma residência, localizada no Bairro Beira Rio, em Rolim de Moura, diante dos fatos os policiais passaram a monitorar a casa.

De acordo com os policiais ao avistarem um casal em veículo em atitude suspeita, então eles passaram a realizar o acompanhamento do veículo Volkswagen Gol e na  Avenida Norte Sul, saída para Santa Luzia do Oeste eles abordaram o motorista e mediante uma busca minuciosa, foi encontrado em seu bolso um invólucro contendo várias joias. 

No interior do automóvel foi localizado  uma arma de fogo (pistola calibre. 380) com dois carregadores e 21 munições intactas, correspondente ao mesmo calibre, além da quantia de cerca de R$1.200,00 reais em espécie.

Porém na casa do casal foi encontrada mais uma arma de fogo (revólver calibre .38) e 08 munições no calibre correspondente.

Mediante aos fatos o  casal e todo o material apreendido foram apresentados na UNISP de Rolim de Moura.

Segundo os policiais as  joias apreendidas são as que foram roubadas em São Francisco. 

As investigações continuam, pois a caminhonete Hilux e o restante da quadrilha até o momento não foram encontrados.

O roubo foi executado  no município de São Francisco do Guaporé. A vítima foi uma mulher, e relatou que ao chegar em sua residência foi surpreendida pelos criminosos,  armados e sob  ameaças levaram a caminhonete Toyota Hilux, de cor preta, placa QTD-3B28, joias e dinheiro.

A vítima contou também que foi amarrada e levada para uma área rural ficando sob os cuidados de dos suspeitos, enquanto os outros fugia levando o veículo e produtos roubados.

A mulher relata que ficou hora amarrada e por sorte conseguiu se libertar e andar por cerca de 04 km, até chegar na cidade e pedir por socorro a Polícia Militar.

Um dos suspeitos foi identificado pelas iniciais [ J. V. da S.] foi autuado em flagrante delito pelo Delegado da Polícia Civil de São Francisco do Guaporé, já esposa do acusado não chegou a ser flagranteada.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito que foi detido estava em regime condicional, respondendo pela prática de crimes de roubo. 

O acusado já possui passagens pela justiça por crimes de tráfico de drogas, roubos, porte ilegal de arma de fogo.