Rolim de Moura,
32°C

Esporte
Vilhenense cogita afastamento do futebol profissional

Publicado 10/06/2020
A A
Foto: Rogério Perucci

O presidente Waldir Kurtz cogita a possibilidade de solicitar junto à FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia) seu afastamento por dois anos do futebol profissional. A entrevista foi concedida pelo dirigente à Folha do Sul Online.

Segundo o dirigente, o objetivo do clube é investir na construção de um centro de treinamento e focar no trabalho de formação de atletas. "A base sempre foi o meu sonho, mas me empolguei e comecei o projeto pelo teto", frisou Waldir Kurtz.

Apesar do início com o profissional, o dirigente não lamenta o trabalho executado até então a frente do Vilhenense. "Mas, eu não me arrependo do que eu faço, fomos vitoriosos, conquistamos dois títulos (profissional e sub-20); meu arrependimento é pelo que eu não fiz: focar na base; mas eu vou corrigir isso", acrescentou.

Neste ano, o dirigente confirmou que vai disputar à Série D do Brasileiro com uma base Sub-20. O Leão do Cone Sul está no grupo A1 da competição nacional juntamente com o Atlético Acreano, Bragantino-PA, Fast Clube-AM, Galvez-AC, Independente-PA, Rio Branco-AC além do vencedor do duelo da fase preliminar entre Nacional-AM x Ji-Paraná.
 

Fonte: Futebol do Norte

Dois anos   Rondônia   Futebol Profissional   FFER   Afastamento   Vilhenense  

Mais em Esporte

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?