Rolim de Moura,
35°C

Polícia Civil de Rondônia continua investigação para buscar mais envolvidos que fraudavam documentos de servidores públicos
O grupo falsificava CNH dos servidores

Publicado 27/07/2020
Atualizado 27/07/2020
A A

O Núcleo de Combate à Defraudações da Polícia Civil de Rondônia continua com a investigação da operação “Loan”, em ação contra os crimes de estelionato, falsificação de documentos, corrupção ativa e passiva, e associação criminosa. Com o andamento da investigação é esperado apurar se houve mais vítimas e identificar outros elementos e envolvidos que participavam dessa organização. 

No dia 22 (quarta-feira), a Polícia Civil deu cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão em Porto Velho. Não foram deferidas prisões, no entanto houve apreensão de documentos e equipamentos eletrônicos, que segundo a polícia, juntos com outras provas podem confirmar a participação de outros envolvidos.

O grupo criminoso atuava com falsificação de documentos para empréstimos consignados em nome de servidores públicos sem o consentimento destes. Conforme o apurado, o prejuízo às vítimas é aproximadamente R$ 740 mil e poderia ter chegado a 1,5 milhão.

Os indícios são de que o grupo falsificava Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para fazer os consignados. Eles utilizavam os dados de servidores do Estado, abriam contas falsas usando o nome dos servidores para empréstimos.

Para o delegado titular do núcleo, Swami Otto, “as pessoas devem ficar sempre atentas para vê se não há transações indevidas na suas contas bancárias e, quando identificados descontos, devem tomar providências. Assim a polícia toma conhecimento e começa investigar”.

O nome da Operação Loan vem do termo em latim que significa “empréstimo”, também usado na língua inglesa e faz referência ao modo de ação da associação criminosa para obtenção de vantagens indevidas, cometendo os crimes de estelionato, falsificação de documentos públicos, corrupção ativa e passiva e associação criminosa.

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?