Rolim de Moura,
23°C

Com investimento de mais de R$ 7 milhões, Mediação Tecnológica recebe equipamentos de alta qualidade
O investimento em equipamentos tecnológicos ultrapassa o valor de R$ 7 milhões

Publicado 19/08/2020
A A

Ter uma educação capaz de colocar Rondônia no topo do ensino de qualidade no Brasil. É com essa missão que o Governo tem planejado e executado as ações estratégicas neste eixo, já tem o feito de ter alcançado notas altas do Enem do ano passado e agora avança no aparelhamento da educação. Na manhã desta quarta-feira (19) foram entregues equipamentos específicos para a mediação tecnológica e laboratórios móveis de ciência para a rede estadual.

Em solenidade realizada no prédio do Centro de Mídias de Rondônia, o governador coronel Marcos Rocha visitou os estúdios da Mediação Tecnológica que passaram este ano a serem utilizados para a gravação das aulas em um local mais adequado e que permite melhores condições para o desenvolvimento de aulas dinâmicas e de alto grau de qualidade.

Com investimento de mais de R$ 7,8 milhões, o Poder Executivo entregou hoje 480 notebooks, 150 computadores, 200 TV´s, 150 antenas receptoras de sinais. E ainda houve a contratação de produtora para três estúdios de TV.

”Quero ver o avanço da educação no nosso Estado, pois acredito na educação para transformar a situação de famílias que vivem com pouco, como temos visto nas ações de entrega de cestas básicas feitas pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), e acredito que a educação bem feita, bem aplicada também  é capaz de impedir o aumento de ações delituosas e da necessidade de mais presídios’, afirma o governador.

EDUCAÇÃO EM ÉPOCA DE PANDEMIA

A Mediação Tecnológica Rondônia, referência no Brasil, ganhou ainda mais força neste período de pandemia que levou as aulas presenciais serem suspensas. ‘‘Percebemos que outros estados tiveram muita dificuldade por não ter estrutura como a nossa, mas em Rondônia a gente já tinha o caminho para resolver isso através da mediação tecnológica que tem aulas com muita qualidade’’, pontua o secretário de Estado da Educação (Seduc), Suamy Vivecananda.

Além dos 6 mil estudantes da própria mediação tecnológica, as aulas virtuais também estão disponíveis para todos os alunos da Rede Estadual de Educação através do canal de YouTube Mediação Tecnológica Rondônia (https://www.youtube.com/channel/UCFF8qjuFRMmg6iLOf4ECmrQ). Ao mesmo tempo que as escolas passam por revitalização. ”A educação não está parada, além de ter aulas online, também estamos trabalhando nas reformas das escolas, e na melhoria de atendimento para alunos e professores”, afirma o governador.

Gerente do Centro de Mídias de Educação, Daniele Brasil, explica que a Mediação Tecnológica Rondônia foi implantada para atender os estudantes  da área rural, quilombolas, indígenas, ribeirinhos com aulas via satélite. As aulas são ministradas por  professores que são mestres, doutores e pós-doutores.  Os estudantes são munidos de notebooks. Agora com a pandemia, além das aulas para Ensino Médio foram acrescentadas as do Ensino Fundamental, a partir do 6º ano, disponíveis para toda a Rede Estadual.

São aulas contemplando todos os componentes curriculares, com intérprete de libras, canal de integração para estudantes tirarem dúvidas via chat.  As aulas gravadas nos estúdios são temáticas. Professores se vestem de acordo com o tema da aula e a sala de aula (estúdio) se transforma com a ajuda de tecnologia em diferentes cenários. ”Essa atualização dos aparelhos antes de termos defasagem é essencial para as aulas”, reforça.

LABORATÓRIOS MÓVEIS

Também foram entregues 111 kits de laboratório didático móvel para atender as aulas práticas das disciplinas de ciência da natureza, química, física, matemática e biologia da Rede Estadual de Educação.

Esses kits são destinados para os municípios de Porto Velho, Pimenta Bueno, Mirante da Serra, Ji-Paraná, Guajará-Mirim, Corumbiara, Ariquemes, Machadinho, Cacoal, Vilhena, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Cerejeiras, Costa Marques, Alta Floresta, São Francisco, Buritis, São Felipe, Espigão do Oeste, Nova Mamoré, Alto Paraíso, Cacaulândia, Monte Negro, Rio Crespo, Alvorada do Oeste, Urupá, Santa Luzia, Rolim de Moura, Chupinguaia, Colorado do Oeste, Governador Jorge Teixeira e ainda em Extrema. O investimento é de mais de R$  6,7 milhões.

”Fizemos aquisição de 111 e estamos revitalizando os antigos para facilitar o trabalho dos professores enquanto ferramenta geradora de aprendizagem para nossos estudantes. É uma inovação, e o governo  está trabalhando para reaparelhar a educação no Estado de Rondônia”, afirma o secretário.

A diretora geral de educação, Irani Oliveira Morais, destacou a seriedade com que os recursos estão sendo aplicados no setor. ”Nos perguntam como o Governo está comprando tantas coisas e a resposta é essa: o dinheiro está sendo aplicado com responsabilidade. Faz muitos anos que não era adquirido laboratório de ciência, por exemplo, e agora foi feito, isso é um sonho histórico. Também estamos com nossos estúdios  prontos, então são grandes investimentos”, avalia.

O governador ainda destacou que pediu a Deus para que Rondônia seja conhecido nacional e internacionalmente de forma positiva em todas as áreas, inclusive na educação.”Quero que nossos professores e alunos tenham material de qualidade”, assegurou. E pediu união para que o Estado faça de fato e com honradez  tudo aquilo que realmente beneficie a população.