Rolim de Moura,

Santos tem interesse em Elias e repete estratégia adotada com outros possíveis reforços
Peixe está punido pela Fifa e não pode contratar jogadores, mas conversa com alvos

Publicado 01/09/2020
A A

O Santos tem interesse no volante Elias.

Sem clube desde quando deixou o Atlético-MG, no ano passado, o experiente jogador de 35 anos é um dos alvos do Peixe para reforçar o elenco comandado pelo técnico Cuca. O clube, porém, está punido pela Fifa, não pode contratar e tem adotado estratégia parecida com diversos atletas.

Mesmo punido por causa da dívida com o Hamburgo, da Alemanha, por causa da contratação do zagueiro Cleber Reis, que já gira em torno de R$ 25 milhões, o Santos tem conversado com jogadores no mercado.

Os ídolos Robinho e Ricardo Oliveira foram avisados, há mais de um mês, que estavam no radar do Santos. As negociações, porém, não evoluíram pelo mesmo motivo: a punição na Fifa.

Na última semana, Elias teve seu nome falado no CT Rei Pelé. O volante agrada ao técnico Cuca e não descarta a possibilidade de jogar na Vila Belmiro. O problema é que o Santos, no momento, não pode contratar, e o jogador teria de esperar.

Enquanto isso, o Peixe tenta um acordo com o Hamburgo, mas ainda sem sucesso. Recentemente, o clube mudou sua estratégia nas negociações e contratou a advogada Marisa Alija, que também trabalha com o atacante Robinho, para intermediar as conversas com os alemães.

Insatisfeito com a postura do Santos nas negociações, o Hamburgo quer receber parte do valor para só depois conversar sobre um possível parcelamento. O Peixe, do outro lado, se vê em dificuldades financeiras e sem condições de atender as exigências. Por isso, qualquer negociação com possíveis reforços ainda não passa de conversa.

Fonte: Globo Esporte