Rolim de Moura,

Genus promove estruturação do trabalho de base

Publicado 18/08/2020
A A

A diretoria do Genus iniciou as tratativas para a nova estrutura de gestão esportiva do clube visando a temporada 2021. De acordo com o presidente do Aurigrená da Capital, Evaldo Silva, o clube desenvolveu um trabalho para a implantação de ideias inovadoras, planejamento além de objetivos e metas a serem traçadas.

"Trabalho é o que não irá faltar, mas de forma organizada e compartilhada, assim o entendimento e os resultados virão a médio e longo prazo", destacou Evaldo.

Dentro da nova filosofia de trabalho, o Genus definiu sua estrutura organizacional da seguinte forma: Jussiê Nogueira (consultor), Ocimar Esteves (consultor e treinador), Dinho Leite (supervisor /gerente); Deutz Costa (coordenador geral de formação e alto rendimento); daniela Rebouças (secretária), Denner Rebouças (técnico de iniciação esportiva), Francisco Teixeira (técnico de formação), Francisco Chaves "Negão" (diretor do Núcleo Zona Leste), Amon Paul (técnico de base), Iury Brito (técnico alto rendimento), José Fagundes (técnico de alto rendimento), Daiana de Lima Ramos (supervisora do Sub-20), Jair (auxiliar técnico) e José André (diretor do Núcleo de Humaitá).

De acordo com Evaldo Silva, a estrutura foi montada para a formulação dos novos planos de gestão das categorias de base, alto rendimento e da estruturação do Aurigrená.

No profissional, o Genus retorna a campo no dia 4 de novembro diante do Real Ariquemes pela nona rodada do Campeonato Rondoniense. O local ainda não foi definido.