Rolim de Moura,

Governo de Rondônia destina 1.500 cestas básicas para comunidades tradicionais
A Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social fez a destinação das cestas básicas para atender as comunidades tradicionais

Publicado 17/09/2020
A A

A Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) fez mais uma destinação de cestas básicas, dessa vez o quantitativo de 1.500 cestas para atender as comunidades tradicionais de Rondônia, beneficiando dessa forma povos indígenas, quilombolas, populações ribeirinhas e demais comunidades.

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI)/Porto Velho recebeu a maior parte, um total de 590 cestas. O órgão de responsabilidade da Secretaria Especial da Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde, atende hoje uma população formada por 10.311 indígenas, abrangendo os estados de Rondônia, Mato Grosso e Amazonas.

As cestas básicas foram adquiridas pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops) em ação conjunta com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Justiça do Trabalho em Rondônia e Acre, e foram entregues as equipes da Seas para destinação às famílias em maior vulnerabilidade social.

A secretária adjunta da Seas, Liana Silva acompanhou a entrega realizada no DSEI em Porto Velho e reforçou a parceria da assistência social em prol das comunidades tradicionais.

“É uma imensa satisfação poder entregar essas cestas básicas a quem tanto precisa. Em nome da primeira-dama Luana Rocha e do Governo de Rondônia, nós da Seas reafirmamos nosso compromisso com as comunidades tradicionais”, ressaltou a secretária adjunta.

A enfermeira Graziele de Paiva que atua no órgão, explica que as famílias indígenas estão entre as comunidades mais atingidas pela pandemia. “Muitos indígenas precisam se deslocar até a cidade na busca por alimentos, e acabam correndo riscos. Dessa forma, a necessidade de ações como essas se faz ainda maior”, afirmou.

Ednilson Oro Waram é indígena e atua no DSEI ajudando outras famílias. Para ele, é importante esse olhar do Poder Público para as populações indígenas em Rondônia.“Nós estamos muitos agradecidos por esta entrega. Junto com o DSEI vamos auxiliar na distribuição para as famílias que mais precisam delas”, agradeceu o indígena.

A secretária adjunta conheceu ainda as repartições da Casa do Índio e dialogou com as famílias.